MPMTIJ 2021

serei_o_que_me_deres Final Regional.jpg
Cartaz MMTI Concurso.jpg
Bingo Abril.jpg
História_Laço_Azul .png
LivrosMMTIJ.png
20210407140800_00001_edited.jpg
MPMI%20Livro_edited.jpg

MPMTIJ 2020

Livro Mãos Que Protegem

Clique na imagem para abrir PDF que pode ser impresso.

Livro_Mãos_Q_Protegem.jpg
MMT2020_edited.jpg

Atividades 2020

Clique na imagem para abrir

MPMTIJ 2019

Programa MMTIJ2019.jpg

Jogo Quantos Queres

Clique na imagem em baixo para abrir PDF que pode ser impresso.

Jogo MPMTIJ 2019 (2).jpg

Jogo “Bem-me-queres, Bem-me-queres-muito”

 

Elaborado pela CPCJ Lisboa Ocidental, no âmbito do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância - abril 2019.

O jogo foi já experimentado por um grupo de crianças no Solsal Salesianos de Lisboa e foi um sucesso. Divertido, animado e, ao mesmo tempo, educativo.

Este jogo vai ser feito em grande formato e vai também estar disponível na CPCJ Lisboa Ocidental para requisição ao longo do tempo.

Pode clicando na imagem ao lado abrir documento PDF com a versão na integra do Jogo que pode ser impresso.

MPMTIJ 2018

                         HISTÓRIA DO LAÇO AZUL

 

“O Azul funciona para mim como um constante lembrete/alerta para lutar pela proteção das crianças”

                                             Bonnie W. Finney

 

A Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A. quando uma avó, Bonnie W.Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro “para fazer com que as pessoas se questionassem”.

 

A história que Bonnie Finney contou aos elementos da comunidade que se revelaram “curiosos” foi trágica e sobre os maus-tratos à sua neta, os quais já tinham morto o seu neto de forma brutal por espancamento pela mãe e namorado.

E porquê azul?

Porque apesar do azul ser uma cor bonita, Bonnie Finney não queria esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul, que simboliza a cor das lesões, servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.

 

Esta campanha, que começou como uma homenagem desta avó ao neto, expandiu-se e, atualmente, muitos países usam as fitas azuis, durante o mês de abril, em memória daqueles que morreram como resultado de abuso infantil e como forma de apoiar as famílias e fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil, a negligência e os maus -tratos.

Caminhada

Caminhada organizada pela CPCJ Lisboa Ocidental em parceria com a Junta de Freguesia de Belém e a Junta de Freguesia da Ajuda, que contou com a participação de Escolas Públicas/Privadas, SCML, NACJR e IPSS  da área territorial desta CPCJ.

48 Horas

48 horas a nadar pela prevenção dos Maus Tratos na Infância e Juventude, atividade realizada em parceria com a Junta de Freguesia de Belém.

Rua Diogo de Silves Lj. 33 B e 35 A

1400-107 Lisboa

21 241 61 66

  • Facebook